ZAPPIANDO

Arquivo para janeiro, 2011

CONVIDADO: Walter de Azevedo estreia nossa nova seção

Estreando a nossa seção “Convidados”, o meu querido amigo Walter de Azevedo.

Como telespectador, Walter tem um vasto conhecimento em televisão, presenciando de sua poltrona momento memoráveis da Televisão Brasileira.

Como roteirista, o nosso convidado tem ideias brilhantes, o que reflete em suas histórias.

Para a nossa estreia, ele preparou um texto sobre a exibição bem-sucedida da novela “Por Amor” no Canal Viva.

Leia a seguir:

POR AMOR: MISSÃO CUMPRIDA

Por Walter de Azevedo


Em 2010, os noveleiros de plantão foram surpreendidos pela notícia de que a Rede Globo lançaria um canal na TV a cabo destinado à reprise de sua antiga programação. Mil palpites surgiram sobre quais programas entrariam na grade e, principalmente, quais novelas seriam reprisadas.

No dia 18 de Maio, o Canal Viva entrou no ar e no dia 19 tiveram início as reprises de Quatro por Quatro (1994/1995) de Carlos Lombardi, e de Por Amor (1997/1998) de Manoel Carlos, dois blockbusters dos anos 90.

 

 

Regina Duarte e Gabriela Duarte que viveram as protagonistas de Por Amor

Por ser maior, (233 capítulos), Quatro por Quatro ainda fica no ar por mais tempo, mas no próximo dia 08 de Fevereiro, Por Amor apresentará o seu último capítulo. Os telespectadores saberão, ou relembrarão os finais de Helena (Regina Duarte), Eduarda (Gabriela Duarte), Branca (Suzana Vieira), Laura (Vivianne Pasmanter) e de todos os outros personagens criados por Manoel Carlos.

Susana Vieira como a memorável vilã Branca Letícia de Barros Mota

Mesmo na sua segunda reprise, Por Amor cumpriu bem a sua função e segurou o telespectador. Como resistir ao entrecho deliciosamente novelístico da troca de bebês? Ou então às vilanias de Branca Letícia de Barros Motta, uma das mais emblemáticas vilãs da teledramaturgia nacional, vivida de forma magistral por Suzana Vieira? Receita de sucesso em 1997, na reprise de 2002 na faixa do Vale a Pena Ver de Novo e agora, no Canal Viva. Para os tuiteiros de plantão, a atração à parte foi acompanhar os comentários da sempre simpática Letícia Dornelles (@L_Dornelles), colaboradora de Manoel Carlos na novela e responsável por muitas das pérolas ditas por Branca, além da memorável cena do confronto entre a vilã e Isabel (Cássia Kiss).

Mais do que sucesso, Por Amor termina com um saldo extremamente positivo. É a primeira reprise de novela a apresentar seu final no Viva confirmando um novo espaço para a teledramaturgia nacional e para a preservação de sua memória.

O caminho está aberto, e Por Amor desbravou essa trilha com competência. As próximas atrações e o público, agradecem.

 

Você pode seguir Walter de Azevedo pelo twitter.com/WalterdeAzevedo e visitar seu Blog: http://historiasdetatu.blogspot.com/

Fotos: Divulgação

@diniz_paulinho

Semana de estreias na Globo

Fernanda Lima no "Amor e Sexo", que volta às terças.

Dando continuidade a sua programação de verão, a Rede Globo aposta nesta semana na estreia da segunda temporada de dois programas:  “Amor e Sexo” e “Aline”.

O programa comandado por Fernanda Lima, agora entra às terças, depois do Big Brother Brasil, e promete vir com novidades.

Segundo o diretor de núcleo e geral da atração, Ricardo Waddington,  o objetivo é expandir as fronteiras do debate sobre sexo na TV.

“Aprendemos na primeira temporada e vimos que a fronteira estava além, que o público esperava mais. Houve um avanço bem significativo nos temas, na maneira como abordá-los, tornando o assunto leve, de pouca rejeição, de grande aceitação”, explica ele no site oficial do programa.

Dentre as novidades estão os quadros “GayMe”, abordando o universo gay, e “Jogo de Cama”, com perguntas e respostas apresentando o ponto de vista masculino. Além do tradicional Strip Quiz, que na estreia conta com a participação dos atores Malvino Salvador e Cléo Pires.

Os protagonistas do seriado "Aline", que estreia segunda temporada na Globo

Já às quintas-feiras, o seriado “Aline”, estrelado por Maria Flor, está de volta. No episódio de estreia, Aline organiza uma rifa, na qual ela é prêmio principal, o que causa a ira de seus namorados Otto (Bernardo Marinho) e Pedro (Pedro Neschling).

Nesta temporada está prevista ainda a participação da atriz Lucélia Santos como mãe de Pedro, ficção imitando a realidade, já que ela é mãe de Pedro na vida real.

 

Com informações dos sites oficiais

Fotos: Divulgação

@diniz_paulinho

 

BBB11: As surpresas do programa de domingo

No primeiro paredão quadrúplo da história do Big Brother Brasil, quem deixou a disputa pelo R$1,5 milhão foi o casal Michelly e Rodrigo.

O público optou por deixar Maria e Rodrigão na casa.

Aos 20 dias de confinamento, a mansão vigiada por câmeras no Projac ganhou mais dois moradores, Adriana e Wesley.

Para os brothers, as surpresas não pararam por ai. Ainda nesse domingo (30), foi realizada uma nova Prova do Líder, na qual Talula levou a melhor e mandou Igor direto para o paredão de terça (01).

Por escolha dos demais participantes, Diana fará companhia a Igor neste paredão.

Foto: Divulgação

@diniz_paulinho

BBB11: O entra e sai deste domingo


Maria, Michelly, Rodrigão e Rodrigo estão no paredão do BBB11

Neste domingo (30) a casa do Big Brother Brasil vai perder e ganhar dois participantes. Isto porque pela primeira vez na história do programa haverá um paredão quadrúplo . Disputam a permanência na casa, as sisters Maria e Michelly. Enquanto, Rodrigo e Rodrigão também disputam um com o outro. Por fim, um casal sairá.

Adriana e Wesley entrarão na casa hoje (30).

Porém, instantes depois um outro casal entrará no programa. A estudante Adriana, de 19 anos, do Rio de Janeiro, e o médico Wesley, de 24 anos, de Belo Horizonte. Uma nova surpresa para os moradores da casa.

Ainda nesta noite, terá uma nova Prova do Líder e a formação de um novo paredão para eliminação da próxima terça (01). Deste, os dois novos participantes estarão imunes.

Fotos: Divulgação

@diniz_paulinho

Conheça o elenco de “Cordel Encantado”, a próxima novela das seis

 

Bianca Bin e Cauã Reymond, protagonistas da próxima novela das seis

Uma fábula que mistura o encantamento da realeza europeia com as lendas heroicas do sertão brasileiro. É assim que a Rede Globo apresenta “Cordel Encantado”, próxima novela das seis, escrita por Thelma Guedes e Duca Rachid.

A novela que tem estreia prevista para abril, teve seu elenco apresentado em coletiva de imprensa, no último dia 24, no Projac.

Parte do elenco viajou para França para gravar as primeiras cenas do folhetim, acompanhado da diretora geral Amora Mautner.

O diretor de núcleo, Ricardo Waddington, disse na coletiva que a novela será gravada com uma imagem muito próxima de “A Cura” – seriado exibido no ano passado, também dirigido por Waddington e foi gravado em 24 quadros, com uma estética mais próxima a de cinema. Isto será permitido por a nova produção durar apenas seis meses.

A trama será protagonizada por Bianca Bin e Cauã Reymond, que viverão o casal Açucena e Jesuíno. Bruno Gagliasso viverá o vilão Timóteo Cabral.  A personagem de Nathália Dill (Dora) se apaixonará por Jesuíno e irá até se vestir de homem para tentar conquistá-lo. E Déborah Bloch será a malvada duquesa Úrsula de Bragança.

Alinne Moraes e Thiago Lacerdo farão uma participação especial. Seus personagens morrerão no primeiro capítulo.

Outra participação ilustre será a do dramaturgo Zé Celso Martinez, pela primeira vez em uma novela.

Destaque também para a volta de Luiz Fernando Guimarães às novelas.

Confira abaixo a lista com outros nomes do elenco:

Emmanuelle Araujo, Guilherme Fontes e Zezé Polessa, que estarão no elenco de Cordel Encantado.

Miguel Rômulo, Felipe Camargo, Genésio de Barros, Paula Burlamaqui, Marcello Novaes, Heloísa Périssé, Marcos Caruso, Zezé Polessa, Emanuelle Araujo, Guilherme Fontes, Reginaldo Faria, Matheus Nachtergaele, Carmo Dalla Vecchia, Nanda Costa, Cláudia Ohana, Jayme Matarazzo, Isabelle Drummond e Luiz Valdetaro.

Fotos: AgNews

@diniz_paulinho

Morre a atriz Georgia Gomide

Semana triste esta para o mundo artístico. Na última quarta (26) faleceu o ator John Hebert e na madrugada deste sábado (29) quem partiu para o andar de cima foi a veterana atriz Geórgia Gomide.

A atriz de 73 anos estava internada desde terça (25) no hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, e morreu vítima de uma infecção generalizada.

Geórgia começou sua carreira na Televisão em 1963 e teve passagens pelas TVs Tupi, Excelsior, Record, SBT, Manchete e Globo.

Na TV Tupi participou de novelas como “Éramos Seis” e “A Fábrica”.

Na Rede Globo, ela atuou em novelas Quatro por Quatro (1994) e Uga Uga (2000). Além de minisséries como Anos Rebeldes (1992) e O Quinto dos Infernos (2002). Mas, seu trabalho de maior sucesso foi como a dona Bina, de Vereda Tropical (1984). Nota-se que a maioria de seus trabalhos na emissora eram obras do autor Carlos Lombardi.

Sua última participação na emissora foi na temporada de 2005 de Malhação, como Mamma Francesca.

No ano passado, Geórgia encenou a peça “Perto do Fogo”, em São Paulo.

O corpo da atriz foi sepultado no Cemitério da Consolação, região central da capital paulista.

Fotos: Divulgação

@diniz_paulinho

Na Trilha: As músicas de Vanessa da Mata em novelas

Estreando a nossa seção “Na Trilha”, Vanessa da Mata.

Ao longo da década a cantora lançou seis álbuns, entre CDs e DVDs, dos quais teve sete de suas canções como temas de novelas da Rede Globo.

Seu primeiro álbum intitulado Vanessa da Mata rendeu duas músicas para duas novelas. Onde Ir, como tema da personagem Caterina (Simone Spoladore) em “Esperança” (2002). E no ano seguinte,  a regravação de Nossa Canção embalou o romance da protagonista Maria Clara (Malu Mader) com Hugo (Henri Castelli), em “Celebridade”.

Em seu segundo álbum, Essa Boneca Tem Manual, Vanessa regravou a música Eu Sou Neguinha, de Caetano Veloso, que acabou entrando na trilha de “A Lua Me Disse” (2005).

No final deste mesmo ano e início de 2006, o hit Ai Ai Ai, ainda deste disco, estava em “Belíssima” e fez grande sucesso como tema de Rebeca (Carolina Ferraz), estando entre as músicas mais tocadas deste ano.

A música Ainda Bem era a que tocava quando a ‘Dona Guilhotine’, oops… Guinevere (Juliana Paes) entrava em cena, em “Pé Na Jaca” (2006).

Em 2008, na novela “A Favorita”, Lara (Mariana Ximenes) e Cassiano (Thiago Rodrigues) trocavam beijos ao som de Amado, música do disco Sim, vencedor do Grammy Latino como Melhor Álbum de Pop Contemporâneo Brasileiro.

Em seu CD e DVD Multishow Ao Vivo, Vanessa reuniu alguns grandes sucessos e lançou outros. Uma belíssima regravação de Um dia, um adeus, de Guilherme Arantes foi tema da protagonista Rose (Camila Pitanga), em “Cama de Gato” (2009).

Vale ressaltar a bela e agradável voz desta jovem cantora mato-grossense, que possui um estilo próprio e dá sempre um toque especial em suas canções e regravações.

Imagens: Divulgação

@diniz_paulinho

Nuvem de tags