ZAPPIANDO

Posts marcados ‘novelas mexicanas’

FESTIVAL SBT 30 ANOS RELEMBRA A TELEDRAMATURGIA DA EMISSORA

Em seu “Festival 30 anos”, o SBT relembrou as três décadas de Teledramaturgia da emissora. Novelas brasileiras, mexicanas e seriados que marcaram as diferentes fases.

Fenômenos infanto-juvenis como “Carrossel“, no início dos anos 90, “Chiquititas“, na segunda metade da década, e “Rebelde“, em 2006. A fórmula água com açucar da trilogia das Marias, interpretadas por Thalia (“Maria Mercedes“, “Marimar” e “Maria do Bairro“), entre 1996 e 1997, e “A Usurpadora“, em 1999. As mexicanas que ganharam versões brasileiras, como “Pérola Negra“, “Pícara Sonhadora” e “Marisol“. Além de seriados como “O Grande Pai” e “Teleteatro“, foram relembrados pelo programa.

E a melhor novela produzida pela emissora e que está no roll das melhores da Teledramaturgia Brasileira, “Éramos Seis“, de 1994, ganhou um capítulo a parte na atração.  A novela de Sílvio de Abreu e Rubens Ewald Filho contava com um grande elenco, e tinha direção e cenografia bem afinadas, tudo na mais perfeita harmonia. Em depoimento ao programa, o diretor Nilson Travesso contou que o SBT não poupou recursos para esta produção.

Novelas como “Fascinação“, “Colégio Brasil” e a mal-fadada “Cortina de Vidro“, não foram citadas no programa.

Por fim, no último bloco, a versão original de “Carrossel” e seus derivados tiveram destaques. E a apresentadora Patrícia Abravanel anunciou a intenção do SBT em fazer uma versão brasileira da história de Professora Helena e seus alunos.

Foi bom recordar estas novelas, que fazem parte da minha memória afetiva. “Carrossel“, “Éramos Seis“, “Maria do Bairro“, “Chiquititas“, são novelas que de algum forma marcaram o público e quando citadas remetem à alguma lembrança.

Veja os vídeos do programa:

 

 

 

 

 

Vídeos: Youtube / JesusLuh

Siga o Zappiando no twitter.com/Blog_Zappiando

Nuvem de tags