ZAPPIANDO

Posts marcados ‘vereda tropical’

ABERTURAS: RELEMBREMOS A DE “VEREDA TROPICAL”

Nesta semana vamos relembrar a abertura de “Vereda Tropical”. Era tudo muito colorido, com desenhos que expressavam a tropicalidade, sobrepostos um pelo outro.

O logotipo já aparecia logo no início e, como os demais desenhos, também ia se transformando.

Ney Matogrosso dava o tom com o tema “Vereda Tropical” cantando em espanhol pelo cantor.

Os créditos abriam com os nomes dos protagonistas Mário Gomes, Lucélia Santos e Walmor Chagas, antes da primeira aparição do logo. Seguido pelo crédito “NOVELA DE CARLOS LOMBARDI” e “ARGUMENTO E SUPERVISÃO DE TEXTO DE SÍLVIO DE ABREU”.

Veja o vídeo com a abertura.


A novela foi apresentada de 23 de julho de 1984 a 2 de fevereiro de 1985. E reprisada no Vale a Pena Ver de Novo entre 27 de abril e 23 de outubro de 1987, sendo um sucesso nas duas exibições.

Reveja a Chamada de Reprise.

Vídeos: Youtube

@diniz_paulinho

Morre a atriz Georgia Gomide

Semana triste esta para o mundo artístico. Na última quarta (26) faleceu o ator John Hebert e na madrugada deste sábado (29) quem partiu para o andar de cima foi a veterana atriz Geórgia Gomide.

A atriz de 73 anos estava internada desde terça (25) no hospital Sancta Maggiore, em São Paulo, e morreu vítima de uma infecção generalizada.

Geórgia começou sua carreira na Televisão em 1963 e teve passagens pelas TVs Tupi, Excelsior, Record, SBT, Manchete e Globo.

Na TV Tupi participou de novelas como “Éramos Seis” e “A Fábrica”.

Na Rede Globo, ela atuou em novelas Quatro por Quatro (1994) e Uga Uga (2000). Além de minisséries como Anos Rebeldes (1992) e O Quinto dos Infernos (2002). Mas, seu trabalho de maior sucesso foi como a dona Bina, de Vereda Tropical (1984). Nota-se que a maioria de seus trabalhos na emissora eram obras do autor Carlos Lombardi.

Sua última participação na emissora foi na temporada de 2005 de Malhação, como Mamma Francesca.

No ano passado, Geórgia encenou a peça “Perto do Fogo”, em São Paulo.

O corpo da atriz foi sepultado no Cemitério da Consolação, região central da capital paulista.

Fotos: Divulgação

@diniz_paulinho

Nuvem de tags